Segurança Pública

topo seguranca publica

Após curso de nove meses, 46 jovens matriculados no Tiro de Guerra 02-011, com base na LSM (Lei do Serviço Militar), se formaram como atiradores em cerimônia no último dia 24, no período da manhã, na área externa do TG de Capivari. O evento teve a presença do prefeito Rodrigo Proença, de representantes da Câmara de Vereadores e de familiares e amigos dos formandos. A programação incluiu juramento à bandeira nacional, promoção de monitores a cabo, premiação de destaques do ano, entrega do diploma ao mérito e, ainda, a despedida do subtenente do TG, Jailton Cordeiro da Silva. A partir de janeiro de 2019, é o primeiro sargento Vlademir Wieczynski quem atuará como chefe de instrução da instituição.

Conforme Felipe Silva Piazza, diretor do TG, cada um dos 46 jovens teve evolução nos quesitos intelectual e social, no âmbito de ajudar o próximo. “Os garotos chegam como joias brutas e saem um pouco mais lapidados do curso. Foi uma grande motivação conviver com eles. Quando o curso teve início, 12 jovens já estavam trabalhando. Agora, no final do ano, esse número de jovens trabalhadores passou para 36, portanto, vemos a busca diária deles pelo aperfeiçoamento, nos estudos, indo atrás de procurar emprego”, relatou Piazza. E acrescentou. “Nós estamos, cada vez mais, tentando mudar o pensamento que a maioria das pessoas tem que é de que o Serviço Militar atrapalha o jovem no emprego. Os empresários estão, inclusive, dando mais oportunidades a eles”, afirmou.

Para Gabriel Fiorani, 19, um dos formandos, o Tiro de Guerra incentiva o desenvolvimento pessoal e em prol da comunidade. “O TG, no começo, sempre foi olhado pelos jovens da minha idade como algo que atrasaria minha vida, mas vi que na verdade é uma escola de civismo e cidadania, que nos mostra qual o nosso potencial como ser humano. É um local onde paramos para pensar sobre nosso futuro e companheiros”, comentou.

Lucas Bernardo Santana, 19, outro formando, disse que o TG foi o primeiro passo para a carreira militar que deseja seguir. “Tenho o intuito de seguir carreira militar desde os dez anos de idade e quero muito entrar na ESA (Escola de Sargentos das Armas). O Tiro de Guerra mudou meu comportamento, meu modo de pensar. A convivência entre todos foi de muita união. Levarei muitas amizades para o resto da minha vida”, falou.

De acordo com o subtenente do TG, Jailton Cordeiro da Silva, o Serviço Militar é, principalmente, para transmissão de valores civis e de cidadania. “Esses valores são raros nos dias atuais, infelizmente, mas os jovens começam a valorizar mais a sociedade a partir do momento em que passam a participar das atividades sociais do município, sendo construtores de um futuro promissor para a cidade”, comentou.

Ele disse, ainda, que a convivência entre todos no TG foi harmoniosa ao longo de 2018 e que os jovens do Serviço Militar são para ele como membros da família. “Lidar com eles é como se eu estivesse lidando com 50 filhos, cada um com seus problemas, necessidades. Ao mesmo tempo em que dávamos instruções, atendíamos como complemento da família, sobretudo na parte psicológica”, explicou.

O prefeito Rodrigo Proença destacou o aprendizado adquirido pelos jovens no curso do TG. “Os conhecimentos que esses jovens adquiriram podem contribuir muito para o desenvolvimento de Capivari. Eles encerram essa fase com novos direcionamentos de responsabilidade, respeito e cidadania e, também, porque o subtenente Cordeiro é uma pessoa ímpar, da qual nos orgulhamos muito em ter conosco”, comentou, desejando boas-vindas ao primeiro Sargento Vlademir Wieczynski. “Ao Vlademir, estendemos os votos de que sua temporada no TG 02-011 seja de sucesso.”

 

Prefeitura de Capivari - 06/12/2018

Leia mais ...

Pagina 1 de 23

Newsletter

Joomla Extensions powered by Joobi