Saúde

A Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo foi prorrogada e segue até o dia 28 de setembro. É importante frisar que as duas doenças são graves e a única forma de prevenção é a vacina. Portanto, os pais e responsáveis devem levar as crianças entre 1 ano e menores de 5 anos até o posto de saúde mais próximo de sua casa ou no Ceamc (Centro Especializado em Atendimento à Mulher e à Criança). O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h e é necessária apresentação da Caderneta de Vacinação.

Até o momento foram vacinadas no período de campanha, 2.475 crianças contra a Poliomielite (89,03%) e 2.486 receberam a dose da SCR (Sarampo, Caxumba e Rubéola), o que representa 89,42% do esperado. A meta a ser atingida é de 95%, ou seja, 2.780 crianças. Por isso, a campanha que era pra ter seguido até o dia 31 de agosto, foi prorrogada duas vezes e foram realizados três Dias D, com atendimentos aos sábados. Isto ocorreu em todos os municípios do País que não atingiram as expectativas.


Poliomielite


A Poliomielite, conhecida como Paralisia Infantil, é uma doença infectocontagiosa grave que apresenta um quadro de paralisia flácida, com início súbito e evolução rápida que, frequentemente, não ultrapassa três dias. Os membros inferiores, em geral, são os mais prejudicados, tendo como principal característica a flacidez muscular, com sensibilidade conservada e arreflexia no seguimento atingido.

A transmissão ocorre por contato direto, pela via fecal-oral, por alimentos e água contaminados com fezes de doentes ou portadores, por objetos, pela via oral-oral, por meio de gotículas de secreções da orofaringe (ao falar, tossir ou espirrar). Favorecem ainda mais transmissão do poliovírus, a falta de saneamento, as más condições habitacionais e a higiene pessoal precária.

Não exite um tratamento específico para a doença. As vítimas precisam ser hospitalizadas, fazendo o tratamento de suporte. A única forma de prevenção é pela vacinação.


Sarampo


O sarampo é uma doença viral altamente contagiosa, podendo evoluir com complicações graves. A mesma é transmitida por meio das secreções expelidas pelo doente ao falar, tossir e espirrar. A vacina tríplice viral é a medida de prevenção mais segura e eficaz contra o sarampo, protegendo também contra a rubéola e a caxumba.

Para sua proteção e de sua família, recomenda-se aos viajantes, particularmente aqueles que participarão de eventos internacionais, que tenham suas vacinas atualizadas antes de viajar (preferencialmente 15 dias). A vacina SRC (sarampo, rubéola e caxumba) é recomendada, inclusive, para crianças de seis meses a 1 ano.

Leia mais ...

Pagina 1 de 43

Newsletter

Joomla Extensions powered by Joobi