Habitação

Após esta etapa, os munícipes precisam apenas aguardar o telegrama convocando para a assinatura do contrato. A previsão é de que as casas sejam entregues entre este mês de março ou início de abril.

 

“Eu vim acompanhar meu pai que ganhou uma casa. Estou muito feliz, pois é como se fosse eu. O melhor é que ainda conseguimos o número que queríamos”, disse Rosana Laureano Santos. As lágrimas tomaram conta do seu rosto no momento da escolha da casa de seu pai, Livino Laureano Santos que, muito emocionado, ficou até mesmo sem palavras para se expressar.
Foi uma manhã de alegria, o tão esperado momento de escolher a casa própria, futuro local de moradia, onde muitas famílias poderão escrever uma nova história. O evento foi promovido pela CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), na Prefeitura de Capivari, para as 106 primeiras pessoas que foram contempladas com uma casa popular.
Durante sua fala, o prefeito, Rodrigo Proença, falou sobre a importância de ter dado mais um passo rumo a entrega das tão sonhadas casas. “Este foi um trabalho de quatro anos para que hoje pudéssemos estar juntos com vocês na escolha da casa própria. Sabemos que no âmbito público o andamento de tudo é mais demorado, mas conseguimos, junto a CDHU, que essa demora fosse menor. Conseguimos que a obra fosse antecipada em um ano. Imaginem que será menos um ano de aluguel para vocês. Por isso, hoje estou muito emocionado e feliz por todos vocês”, ressaltou.
Já o secretário da Habitação, Arlindo Batagin, enalteceu a organização de todo o processo. “Desde o momento da inscrição quando contamos com milhares de pessoas que foram atendidas rapidamente, passando pelo sorteio e este momento especial de hoje, com a escolha das residências, é bom saber que todo o processo foi extremamente transparente e organizado. Neste momento vocês fazem a escolha das casas, em pouco tempo já estarão de mudança e ainda neste ano terão mais 118 famílias vizinhas que também verão os seus sonhos se tornarem realidade”, disse o secretário.

 

A escolha


A CDHU realizou o processo de escolha obedecendo ao seguinte critério: primeiramente as pessoas com deficiência, seguidos dos idosos, policiais militares e população geral (iniciando pelas famílias com o maior número de membros).
Os que participaram desta etapa, agora precisam somente aguardar o recebimento de um novo telegrama para a assinatura do contrato. A previsão é de que a entrega seja realizada até o final de março ou começo de abril.
Com relação aos demais 118 sorteados, a previsão é de que sejam convocados no mês de novembro para a escolha das demais casas. A intenção é de até o final deste ano todas as 224 casas estejam ocupadas.

Leia mais ...

Pagina 1 de 5

Newsletter

Joomla Extensions powered by Joobi